Enem 2019: 7 características da prova de Ciências da Natureza

Física, Química e Biologia. Essas são as disciplinas que compõem as chamadas Ciências da Natureza. Consideradas mais difíceis para alguns e mais tranquilas para outros, essas matérias são cobradas no segundo dia de prova do Enem, que acontece no próximo domingo (10), junto com o exame de Matemática.

Para se dar bem nessa etapa, é importante conhecer a prova. Saber os assuntos mais abordados, a maneira como as questões são formuladas e outras peculiaridades faz toda a diferença na hora de se preparar, impactando diretamente no seu resultado. 

Pensando nisso, conversamos com dois especialistas da área: Marcelo Dias, coordenador do Grupo Etapa, e Talita Cristina Dellariva, do Curso Poliedro, de São Paulo. Eles também separaram algumas dicas para ajudá-lo nessa reta final. Confira:   

1. Atenção aos enunciados

Segundo Talita, a prova de Ciências da Natureza do Enem se caracteriza pela presença de questões contextualizadas. Por isso, é importante ler o enunciado com atenção. Apesar de muitas vezes ser extenso, nele possivelmente estarão informações fundamentais para a resolução da questão em forma de gráficos ou tabelas. 

2. Prova conteudista

Em geral, a prova tem se tornado mais conteudista e, assim, exigido maior repertório teórico do candidato. Talita ressalta que, entre as disciplinas de Física, Química e Biologia, alguns assuntos ainda predominam, como ondulatória/óptica/radiação, estequiometria/eletroquímica/termoquímica e ecologia/citologia/fisiologia. “Agora, a poucos dias da prova, vale mais a pena revisar esses conteúdos mais recorrentes”, diz.

3. Distratores

As questões da prova de Ciências da Natureza exigem concentração do candidato. Em alguns casos, elas trazem distratores que se relacionam com o tema abordado e que, facilmente, podem ser assinalados como a resposta. 

Isso significa que você pode se deparar com uma alternativa que apresente uma informação correta e que esteja relacionada ao conteúdo da questão, mas que está errada simplesmente por não atender ao comando do enunciado.

4. Interdisciplinaridade

“A grande aposta para esse ano é a presença da interdisciplinaridade nas questões, seja ela entre duas ou até as três disciplinas que compõem essa prova”, diz Talita. 

A resolução desses exercícios pode ficar mais fácil com a identificação de palavras-chaves sobre os conteúdos das disciplinas envolvidas no enunciado. Por exemplo, caso apareça uma questão sobre radioatividade – assunto de destaque nesse ano, principalmente, após o lançamento da série Chernobyl – é provável que elementos da física moderna estejam presentes, assim como conceitos que envolvam a Química e os efeitos dessa propriedade sobre o material genético dos seres vivos e no ecossistema.

5. Complexidade

“Ao longo dos anos, a prova de Biologia foi ganhando complexidade e essa mudança tem relação com a forma como o conteúdo tem sido abordado”, afirma Marcelo. O Enem cobra do candidato a capacidade de interpretar os textos e relacioná-los com os gráficos e tabelas que frequentemente aparecem nos enunciados, por isso, como já mencionamos, é necessário ler atentamente as questões.

6. Física: questões mais difíceis

Nos últimos anos, a prova de Física do Enem tem sido desafiadora e apresenta questões tão difíceis quanto as provas dos principais vestibulares do país, segundo Marcelo. Potência, Eletricidade e Energia são temas muito frequentes e vale a pena revisá-los nesta reta final.

7. Questões bem elaboradas

Marcelo afirma que a prova de Química é bem elaborada, pois valoriza a interdisciplinaridade e a contextualização. “O candidato precisa ter o conhecimento da estrutura molecular que aparece no enunciado e dominar assuntos como a eletroquímica e a estequiometria, que aparecem com frequência no exame”, diz o especialista.

Dicas finais

É essencial ter uma estratégia de resolução de prova. Os professores ressaltaram a importância de começar pelas questões mais fáceis, eliminando as alternativas que não atendem ao comando da questão, e depois partir para as mais desafiadoras. 

Controlar o tempo também é fundamental na prova de Ciências da Natureza, pois na pressa a atenção estará reduzida e pontos importantes podem ser perdidos por transcrições erradas ao gabarito ou interpretação incorreta da alternativa e do comando da questão.

Enem 2019: 7 características da prova de Ciências da Natureza publicado primeiro em https://guiadoestudante.abril.com.br

Autor: andreialisboarosa

Eu sou a Andreia Lisboa, trabalhei durante muito tempo como redatora de textos para revistas e revisão de textos para jornais. Estou intensamente ligada ao Marketing Digital e sua atuação no meio online. Sou blogueira a algum tempo e aprendi que as pessoas buscam por conteúdo de qualidade, por isso minha especialidade no Marketing Digital é escrever conteúdos qualificados, otimizados em SEO e que possam ajudar as pessoas. Meu objetivo é compartilhar com você experiências que possam te ajudar a ter sucesso trabalhando a partir de casa. Sim, o Home Office é a profissão do futuro. Além disso, gosto bastante de viajar e conhecer novos países e entender mais sobre suas culturas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s