Argentina encontrou uma forma de combater a nuvem de gafanhotos

Neste sábado, 27, o Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) da Argentina informou que conseguiu encontrar uma forma de combater a nuvem de gafanhotos que destruía plantações pelo país. A praga pairava sobre a província de Corrientes e, após medidas, houve uma diminuição na população da praga.

Nuvem de gafanhotos

“As temperaturas permitiram movimentos da nuvem de gafanhotos a uma curta distância, atualmente localizada a 63 quilômetros de Curuzú Cuatiá, localizada em Corrientes, na Argentina. O deslocamento da nuvem foi monitorado ao longo do dia pelas equipes do Senasa”, disse em publicação no Twitter.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Na semana passada, autoridades argentinas haviam perdido o paradeiro da nuvem de gafanhotos. Não era possível saber a localização exata pois os insetos estão em uma área de “difícil acesso, com poucas estradas”. Mas já na sexta-feira, os insetos foram encontrados a 90 quilômetros a oeste de Curuzú Cuatiá.

Com o enfraquecimento da nuvem, devido à temperatura, e o trabalho feito com aviões e defensivos por parte dos argentinos, é pouco provável que os gafanhotos atravessem a fronteira com o Brasil, mesmo se os ventos e a temperatura contribuírem.

Na semana passada, os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina haviam declarado emergência devido à ameaça da praga.

Danos às plantações

O Senasa afirmou que a passagem dos insetos deixou lavouras de milho e mandioca destruídas. “Notamos a presença de uma nuvem de gafanhoto do Paraguai, em Colonia Santo Domingo, na cidade do General Manuel Belgrano, Formosa. Vamos avaliar a densidade da população da peste e os danos causados ao milho e mandioca”, disse na época.

Em aproximadamente um quilômetro quadrado, até 40 milhões de insetos podem ser mobilizados, comendo pastagens equivalentes ao que 2.000 vacas podem consumir em um dia, afirmou o órgão argentino.

Veja também: Gafanhotos aparecem na Grande Recife e preocupam a população

Argentina encontrou uma forma de combater a nuvem de gafanhotos publicado primeiro em https://catracalivre.com.br

Autor: andreialisboarosa

Eu sou a Andreia Lisboa, trabalhei durante muito tempo como redatora de textos para revistas e revisão de textos para jornais. Estou intensamente ligada ao Marketing Digital e sua atuação no meio online. Sou blogueira a algum tempo e aprendi que as pessoas buscam por conteúdo de qualidade, por isso minha especialidade no Marketing Digital é escrever conteúdos qualificados, otimizados em SEO e que possam ajudar as pessoas. Meu objetivo é compartilhar com você experiências que possam te ajudar a ter sucesso trabalhando a partir de casa. Sim, o Home Office é a profissão do futuro. Além disso, gosto bastante de viajar e conhecer novos países e entender mais sobre suas culturas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s